quarta-feira, 2 de julho de 2014

Torre de líquidos

Bolsista: Marielle Toledo Silva




Figura: torre de liquidos. Fonte: http:blogatomico.wordpress.com


Que tal empilhar líquidos sem que se misturem formando diferentes fases? Aqui você descobrirá que isso é possível e porque acontece.
Materiais:
4 béquer para mistura da substância com o corante (pode ser usado copos)
1 Proveta (ou qualquer outro recipiente que possa ser visualizado as fases.)
Glucose de milho
Água
Óleo
Álcool Etílico
Querosene
Corantes nas cores: azul, amarelo, verde, vermelho.
Comprimido efervescente
Procedimento
Colocar um pouco de glucose de milho, em seguida a água, óleo, álcool, querosene, todos devem ser misturados com os corantes para dar um feito de cores mais interessante.
Os líquidos devem ser colocados na ordem indicada e pela lateral, para que não comecem a se misturar.
Se quiser fazer um pouco de bagunça coloque o comprimido efervescente, este fara que as substâncias fervam como se fosse os caldeirões de bruxa vistos na televisão.


Explicando o procedimento
Os líquidos não se misturam por serem substâncias imiscíveis e com densidades diferentes, formando assim uma mistura heterogênea.
A densidade pode ser expressa pela divisão da massa pelo volume: Densidade=massa/volume
A densidade depende da temperatura, pois os materiais sofrem contração ou dilatação de seu volume.
Quando dois líquidos não se misturam temos uma mistura heterogênea, ou seja, forma duas ou mais fases.
Podemos também considerar que os líquidos não se solubilizam. Para entender solubilidade pegamos como exemplo a água e o sal que quando se misturam fica homogêneos, formando uma única fase, o que nos indicam que são solúveis entre si.
Observando o experimento podemos concluir que a glucose de milho é o liquido mais denso e o querosene o menos denso.
Observações: pode ser usadas menos ou mais substâncias, é só levar em conta a densidade e se divertir.


Referências
FOSCHÍNI LISBOA, Julio Cezar. Química, 1° ano: ensino médio. 1.ed.São Paulo: Edições SM,2010.
Iberê, Thenorio. Manual do mundo, disponível em: <http://www.manualdomundo.com.br/2013/11/como-fazer-o-teste-da-gasolina/ > acessado em 01/04/2014.
Luciane. Larissa. Blog Atômico, disponível em: http://blogatomico.wordpress.com/
Acessado em 01/04/2014.

Nenhum comentário:

Postar um comentário