quinta-feira, 14 de abril de 2011

Material turma 3° Período (CEAN)

                                                        Bolsista: Nara Alinne Nobre da Silva
       Olá, pessoal hoje vamos discutir um assunto muito interessante. Vamos começar a partir do seguinte questionamento: “Porque utilizamos panela de pressão para cozinhar os alimentos?”. É certo que, a primeira resposta a vir em nosso pensamento é “Porque cozinham mais rápido”. É e verdade, mas porque eles cozinham mais rápido? Para entendermos isso vamos iniciar uma pequena análise sobre Propriedades Coligativas.
        As propriedades coligativas têm como objeto de estudo as alterações que, um soluto pode ocasionar em um solvente puro, sendo que essas alterações dependem unicamente da quantidade de partículas do soluto.
        As propriedades coligativas estudam o abaixamento da pressão de vapor, aumento do ponto de ebulição, diminuição do ponto de congelamento e aumento da pressão osmótica.
A pressão de vapor é muito importante para entendermos os efeitos coligativos. Para entende - lá vamos imaginar um experimento.
        Suponhamos que um líquido é colocado em um recipiente fechado em que inicialmente existia vácuo. Notamos que inicialmente o liquido evapora e com o passar do tempo essa evaporação diminui a velocidade, até que pára, ao menos aparentemente. Como podemos explicar isso?
      Acontece que as moléculas do liquido estão em constante agitamento, e aquelas que estão na superfície do liquido tendem a escapar, passando do estado líquido para o vapor. E como o recipiente está fechado elas não têm para onde “fugir”, como as moléculas no estado vapor se movimentam com grande intensidade, elas vão chocar, entre si e com as paredes do recipiente, de forma que algumas voltarão novamente para o estado liquido. Chega um instante que a quantidade de moléculas que evaporam é igual à quantidade de moléculas que se condensam, é quando dizemos que foi estabelecido um equilíbrio dinâmico.


      Logo a pressão máxima de vapor é a pressão que os vapores (do líquido) exercem sobre o liquido quando estes estão em equilíbrio dinâmico.
        Existem alguns fatores que alteram a pressão máxima de vapor de um liquido. Entre eles a temperatura e a natureza do liquido. A temperatura influencia, pois quando aquecida as moléculas se movimentam mais e evaporam mais rapidamente, produzindo então uma maior pressão de vapor. E para falarmos da natureza do liquido e preciso fazer uma analise da estrutura da molécula do liquido e das interações intermoleculares dessas. Por exemplo, se colocarmos num recipiente água e em outro álcool, observarmos após alguns minutos que, o volume de álcool e menor que o de água. Para entender observe as estruturas abaixo:




A ligação entre O e H é muito forte e difícil de ser rompida. Na molécula de água existem duas ligações desse tipo, já na molécula de álcool existe apenas uma ligação entre O e H, por isso ela evapora mais rápido.
      Quando uma substância passa do estado liquido para o estado vapor, o fenômeno e chamado de vaporização e pode ocorrer de duas formas, por evaporação ou por ebulição.
      Para um liquido entrar em ebulição é preciso que a pressão de vapor seja igual à pressão atmosférica. Assim, a temperatura de ebulição de um líquido, depende da pressão externa que é exercida sobre ele. Portanto se quisermos reduzir a temperatura de ebulição de um liquido, basta diminuir a pressão exercida sobre ele.
        No caso das panelas de pressão, elas são projetadas para reter boa parte do vapor de água, aumentando a pressão interna. A água ferve então acima de 100°C e, em virtude da alta temperatura os alimentos cozinham mais rápido. Com isso também se economiza gás, pois o fogão fica aceso menos tempo.

Praticando:
!- Explique o que você compreende por propriedades coligativas.
2- Como podemos definir pressão máxima de vapor.
3-Quais os fatores que influenciam na pressão de vapor de um liquido? Explique-os.
4-Qual líquido evapora mais rápido, a água ou a acetona? Justifique.

Fonte:
Mortimer, Eduardo Fleury; Machado, Andreia Horta. Química, volume unico Ensino Médio-São Paulo: Scipione.  


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário