sábado, 10 de novembro de 2012

SEMELHANTE DISSOLVE SEMELHANTE


Bolsista: Solange Batista de Sousa Anacleto Reis
        
                      Água e sal - polar e polar
Água e óleo - polar e apolar
Materiais utilizados
* 16 copos de vidro
* 2 colheres de chá de açúcar
* 100 mL de óleo de soja
* 10 g de sal de cozinha
* 100 mL de acetona
* 10 g de naftalina
* 10 mL de querosene

Procedimento
Prepare 20 mL de cada solução. Misture: água e álcool; água e acetona; água e querosene; água e óleo de soja; álcool e querosene; álcool e acetona; álcool e óleo de soja; álcool e querosene; acetona e óleo de soja, acetona e querosene; óleo de soja e querosene.
Observe quais substâncias se misturam e quais não se misturam. Quando ocorrer a formação de duas camadas, coloque mais 20 mL de uma das substâncias e verifique qual delas fica na parte na superior e qual fica na parte inferior.
Disponha 3 copos em fila e coloque 20 mL de água em cada um. No primeiro, adicione um pouco de açúcar, no segundo, um pouco de sal e no terceiro, um pouco de naftalina moída. Agite as misturas durante alguns minutos e observe em casos houve dissolução.
Disponha outros 3 copos em fila e coloque 20 mL de querosene em cada um. Repetir com as misturas feitas com a água e observe.

ANALISANDO OS RESULTADOS...
A água e uma substância polar e após analisar o experimento pudemos concluir as demais substâncias polares envolvidas são: álcool e acetona. Já as apolares são: óleo de soja e querosene.
Com relação à densidade obtivemos os seguintes resultados: a água é mais densa que o óleo e o querosene; o álcool é mais denso que o querosene e menos denso que o óleo; a acetona é mais densa que o querosene e menos densa que menos densa que o óleo. Verificamos isso, porque a camada superior é formada pela substância de menor densidade.
Com relação à densidade do açúcar, do sal e da naftalina, verificamos que: o açúcar e o sal são polares por serem solúveis em água (substância polar) e insolúvel em querosene (substância apolar). Sendo assim, verificamos que a naftalina é apolar por ser solúvel no querosene e insolúvel na água.

FUNDAMENTAÇÃO TEÓRICA
A frase que intitula nosso experimento “SEMELHANTE DISSOLVE SEMELHANTE”, expressa a afinidade eletrônica que existe entre as espécies presentes em um sistema.
Isso quer dizer que substâncias polares se misturam bem com substâncias polares e não se misturam com substâncias apolares e vice-versa.
Quando os elétrons de uma molécula não estão distribuídos uniformemente essa substância é chamada de “polar”.  Nas moléculas da água, por exemplo, os elétrons estão mais próximos do oxigênio do que do hidrogênio, já que o primeiro é mais eletronegativo do que o segundo.
Já as substâncias em que os elétrons estão distribuídos igualmente por toda a molécula são chamadas “apolares”. Podemos tomar como exemplo, o açúcar, que contém muitas moléculas, e estas são unidas por pontes de hidrogênio.
Ao dissolvermos, por exemplo, um cubo de açúcar, cada molécula permanecerá intacta. A molécula estabelece pontes com as moléculas de água e desfaz as pontes com outras moléculas de açúcar. Já o sal em solução transforma-se em íons: cátion Na+ e o ânion Cl-.
A solubilidade dessas substâncias só é possível devido à afinidade eletrônica existente entre o soluto (açúcar e sal) e o solvente (a água).
Resumindo: O termo polar dá a ideia de opostos, onde existe o lado positivo e o lado negativo, isto se dá pela diferença de contribuição na ligação entre elementos químicos diferentes. Sendo que o mais eletronegativo atrai para próximo de si, o par de elétrons que estabelece a ligação com o outro átomo. A água é a substância polar considerada “solvente universal”.
REFERÊNCIAS

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário